Saturday, October 28, 2006

Rádio Elvas?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?! (parte 2)

Esperando que as informações anteriores se reduzam a um mero "boato", venho aqui publicamente apresentar o meu apreço e consideração pelos profissionais da Rádio Elvas que ao longo dos quase 6 anos de emissões regulares, sempre prestaram um bom serviço à comunidade elvense, em particular através dos bons noticiários que são apresentados e actualizados diariamente! Não há muitas rádios locais a terem noticiários até às 2 horas da madrugada, nem com uma duração razoável, de vários minutos! Por isso, insisto em defender o património radiofónico do concelho de Elvas, apoiando quem continua a destacar-se do meio "urbano, frio e quase deserto" disponível no fm de Lisboa... Aliás, tal como um famoso "jingle" de uma saudosa rádio lisboeta dos anos 90, digo: a Rádio Elvas é para "imensas minorias"! Que contrasta, tal como o preto e o branco, das cassetes lisboetas da Média Capital...


As rádios locais servem (aliás, deveriam servir) para apoiar a população da região circundante ao concelho onde existem. Não é para retransmitir os formatos lisboetas de rádios pouco humanas, onde o que interessa é atrair jovens com regaetton, hip-hop, soul (género cidade fm), rock (best rock fm), Dance music (Mix FM), donas de casa (desesperadas?) com músicas lamechas (Romântica FM) e outras rádios parecidas... Mudam as "moscas", mas a "m...." é sempre a mesma...



Aproveite-se para pedir aos senhores da MCR que DE UMA VEZ POR TODAS coloquem um retransmissor da Rádio Comercial e do Rádio Clube, para o centro da cidade, pois o emissor de Portalegre não chega com boa qualidade à nossa terra!!!!!

Rádio Elvas?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!

Estou sem palavras para descrever o que sinto ao escrever este post...

Parece que (informações não confirmadas!) a Merda Capital, perdão, Média Capital anda a "assediar" a Rádio Elvas e outras rádios do país para alargar a cobertura das suas "megas bombas de música sem palavras pelo meio, vulgo cassetes fm com a playlist de (quase) sempre"... É certo que há duas rádios locais em Elvas, mas nunca é demais ter duas rádios no mesmo concelho, desde que saibam aproveitar bem os recursos que dispõem... Espero ansiosamente que a SER - Sociedade Elvense de Radiodifusão não se deixe levar pela "lengalenga" dos milhares de €€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€€ee que a MCR "oferece" os donos das rádios que aluga/compra. Já chega de, passo a linguagem mais popular, "merdas" de Cidades FM, Best Rock e outras "cassetes sem fim" que destroem quase completamente as rádios locais por onde passam. Força, Rádio Elvas, muita força para não se "excitarem" com uns cheques de milhares de euros que acabam com o que de bom se "fabrica" na cidade!!!!!

Cidade FM Portalegre????? Best Rock Alentejo??? Outra «porcaria» qualquer?????????
NÃO, OBRIGADO!!!!!!!! Prefiro a Rádio Elvas como está. Ponto final.

Se querem rádios para Portalegre, vejam lá se compram a RDS do Seixal, ficavam imediatamente com os 88.9 Portalegre, 106.2 A. Do Chão e 98.5 Gavião, tinham três frequências para o distrito e apresentavam um melhor "serviço" que a rádio lá do Seixal, que nem se digna respeitar os princípios legais aplicáveis às rádios generalistas locais...



Força, António Góis! O "guito" que o número 24 da rua Sampaio e Pina, em Lisboa dá às rádios por onde "passa", não compensa o que ela "leva" dessas rádios...

Friday, October 27, 2006

Média Capital vendida à Prisa?

Olé, amigos! A Média Capital, que detém a TVI, a MCR (Rádio Comercial, Rádio Clube, Cidade FM, Best Rock FM, Mix FM, Foxx FM, e outras rádios), além de outras publicações escritas, pode ficar a 100% nas mãos dos espanhóis da Prisa. Nuestros amigos de la Prisa lançaram uma OPA sobre o grupo português, mas a luxemburguesa RTL pode também fazer uma parceria com os espanhóis.

A Prisa tem a televisão Localia, o jornal "El País", além de outras publicações, e várias estações de rádio, como a Cadena Dial, Los 40 Principales, Radiolé, e claro, a mais importante rádio de informação do país vizinho, a Cadena SER.



A Média Capital, mais concretamente a MCR, tem dezenas de emissores de rádio em Portugal:

  • Rádio Comercial - Rede Nacional de Emissores
  • Rádio Clube - Rede regional sul (FM) + rádios locais no Norte e Centro do país
  • Cidade FM - 7 rádios locais: 91.6 Lisboa, 90.0 Porto, 99.3 Alcanena (Santarém), 99.7 Penacova (Coimbra, Leiria, Aveiro), 99.7 Loulé (Algarve), 97.2 Redondo (Évora, Beja, Portalegre) e 104.4 Amares (Braga).
  • Best Rock FM - 4 rádios locais: 96.6 Lisboa, 105.8 Valongo (Porto), 103.0 Cantanhede (Coimbra) e 97.7 Santarém
  • Foxx FM - 2 rádios locais: 107.2 Amadora (Lisboa) e 107.2 Vila Nova de Gaia (Porto)
  • Mix FM - 103.0 Barreiro (Lisboa)
  • MFM - 96.2 Barreiro
  • Romântica FM - 101.1 Moita (Lx) e 100.8 Maia (Porto)
  • Classe FM - 106.2 Montijo
  • MCR Onda Média - 1035 Belmonte (Benavente) e 783 Canidelo (Gaia) - actualmente emite a Rádio Nacional. Já emitiu várias rádios do grupo, nomeadamente, além da Rádio Nacional, o Rádio Clube Português, a Rádio Comercial e a Foxx FM (por um dia!!!!).

Monday, October 16, 2006

Rádio Elvas à venda?????!

Surgiu o seguinte comentário no blog "Zé de Mello":

"Ze de mello deixo à sua consideração para mais um assunto:
a rádio elvas vai ser/esta/foi vendida?
contam-se espingardas para ver quem dá mais pelo o orgao de comunicação mais apetecido da região.
Quem compra?
Será um empresário?
Será um politico no poder?
Será um politico na oposição?
Será um grupo nacional?
Serão os espanhois?"


Sinceramente, não tenho qualquer informação a esse respeito. Aliás, o próprio comentário pode ter origem duvidosa (ser um mero "boato", ou pelo contrário, até ter fundamento). Não sei. Mas espero bem que, caso seja verdade, a Rádio Elvas seja vendida a quem quiser continuar o bom trabalho que esta estação tem desenvolvido desde o dia 10 de Fevereiro de 2001 até hoje.

Agora, se estão com ideias de a venderem à Mé[r]dia Capital ou RDSs ou outros grupos de Lisboa, estamos MUITO, mas MUITO mal... Não é que uma Cidade FM ou RDS ou Mega FM ou outra rádio "made in Lisbon" pudesse ter algum sucesso no Alentejo... O "mau" da situação é o facto de essas rádios aniquilarem quase por completo o conceito de rádio local... Se não querem ir mais longe, vâo a Portalegre, onde os 88.9 que orgulhosamente se chamam Rádio São Mamede nem tem o mais ínfimo minuto de emissão feita na capital de distrito, chegando a sistematicamente desrespeitar a legislação aplicável às rádios locais... Outro exemplo menos triste é a Cidade FM Alentejo, do Redondo, 97.2 FM que ainda tem oito horas diárias de emissões feitas nesta vila, até com noticiários com qualidade, o que se torna pouco frequente nestes casos... O 3º e último exemplo é a Rádio Jovem (105.4 MHz da cidade Património Mundial chamada Évora): TSF quase todo o dia, ofendendo o nome "pomposo" de Rádio Jovem, pois de "jovem" tem muito pouco...




Claro que não desejo nada disto à Rádio Elvas! Posso não gostar de algum alinhamento musical da rádio da terra, mas prefiro manter a rádio como está do que servir meramente interesses do Seixal ou de Lisboa... Até porque a RE apresenta noticiários de boa qualidade jornalística e tem rubricas que se podem realçar no seio do FM da região. Mas tinha a "obrigação moral" de alertar para os perigos de vendas de rádios a grupos radiofónicos que para "despejarem" o seu produto tem de destruir o conceito de rádio local...


Desejo arduamente que a Rádio Elvas continue a ser uma das melhores da região por muitos mais anos!


Se alguém da Rádio Elvas quiser prestar esclarecimentos relativamente a este, por enquanto, "boato", espero que comente este artigo.

Friday, October 13, 2006

Zero comments...

Que ninguém me leve a mal, mas em dezenas de artigos mal se vê o mais pequeno comentário que seja... Será que os elvenses (e todos os portugueses em geral) não vêem televisão e ouvem rádio?


É com prazer que vou acompanhando a realidade da rádio e da televisão que se faz no nosso país, em especial a comunicação social de Elvas, escrevendo notícias neste blog sempre que julgo serem assuntos pertinentes... Mas também gostaria de ver algum "feedback" deste trabalho aqui desenvolvido... Vá lá, estejam à vontade para comentarem as notícias e opiniões que vou pondo à disposição dos visitantes! Espero é que sejam comentários minimamente válidos, sem comportamentos reprováveis: critiquem sem ofender, dêem os parabéns às rádios e televisões sempre que tiverem atitudes positivas para beneficiar os ouvintes/telespectadores, critiquem negativamente sempre que as decisões afectem os consumidores, enfim: sempre que julgarem pertinente, não hesitem em escrever o que vos vai na alma...

Thursday, October 12, 2006

Ridículo: Foxx FM na Onda Média!

A Média Capital Rádios toma cada decisão mais anedótica, que uma pessoa fica até sem palavras! Então não é que aqueles senhores da Rua Sampaio e Pina, em Lisboa, decidiram pôr a Foxx FM a emitir na Onda Média (1035 KHz Benavente e 783 KHz Canidelo) ?! É a decisão mais ridícula e parva que assisti nos últimos anos, vindo deste grupo radiofónico...

A Onda Média é uma banda adequada a palavra (programas de debates e opinião, noticiários, relatos desportivos ou outras actividades onde a palavra impera), dadas as limitações técnicas, a qualidade sonora não é boa para música. Por isso, uma rádio de informação ou de carácter generalista pode ser adaptada facilmente à AM. Mas uma rádio musical, que aposta em estilos musicais para certas idades mais ou menos jovens, não é certamente o melhor produto para os dois emissores da MCR que ainda se "aguentam". É o que acontece desde hoje: a Foxx FM, que emite em 107.2 Lisboa e Porto (mais concretamente, Amadora e Vila Nova de Gaia), agora também é ouvida na Onda Média! Tendo em conta que a maioria dos ouvintes de rádio ouve FM e as limitações da AM que referi, é caso para dizer que a MCR não sabe como aproveitar a OM.

E o pior é que o emissor do Canidelo está numa "ruína total" em condições técnicas! Mal se ouve!



Acho que esses senhores deviam tirar um curso de "Gestão e manutenção de emissores de Onda Média", assim, nos Estados Unidos ou na África, para terem uma noção das potencialidades da banda entre 531 e 1602 KHz... Sim, vejam por exemplo, a Cadena Ser ou a Cope em Espanha, ou as rádios locais da BBC e rádios comunitárias no Reino Unido, além das dezenas de rádios nos Estados Unidos que aproveitam a AM. Sem falar no continente africano, onde muitos países aproveitam a OM para cobrirem todo um país... Mas a MCR insiste em desvalorizar um importante recurso da radiodifusão...

Tuesday, October 10, 2006

TV Cabo no centro histórico de Elvas:

"

A instalação de distribuição de sinal de televisão por cabo, no Centro Histórico de Elvas, foi iniciada em 10 de Outubro. Estes trabalhos arrancaram na zona do Largo de São Domingos, na área baixa da Cidade. Nas primeiras semanas “apenas vão ser passadas muitas centenas de metros de cabo em diversas ruas”, adiantou uma fonte técnica, que adiantou ficar “para mais tarde a abertura de valas para instalação de cabos subterrâneos”.

De acordo com o protocolo assinado, Câmara Municipal de Elvas e TV Cabo acordaram a realização deste trabalho, pelo qual a Autarquia paga uma verba de 215 mil euros.

À medida que esta instalação acabe, vão sendo retirados milhares de antenas dos telhados da zona mais antiga de Elvas. Quanto aos residentes, passam a ter acesso aos serviços da distribuidora de sinal de televisão, pagando apenas as importâncias correspondentes aos serviços adquiridos. No caso de não desejarem ter nenhum canal, para além dos que são captados em antenas hertzianas, os residentes não têm de pagar qualquer importância à TV Cabo."


In site da Câmara Municipal de Elvas



N.E. : Como o objectivo da instalação dos serviços por cabo é eliminar as inestéticas antenas de televisão terrestre, sugiro aos moradores da cidade que se reúnam para fazer uma "feira" de Yagis, antenas de bloco, parabólicas de satélite, etc... Sim, porque milhares de antenas, muitas em bom estado, ainda davam um bom €€€€€€€€€... Até porque se forem para o lixo, é um grande desperdício de material, que ainda dava jeito a muita gente...


A propósito: E quem tem TV Cabo via Satélite (Hispasat)? Terá de retirar a sua parabólica para ter de usar a Powerbox por cabo?

E ainda pior: quem tiver televisão por satélite, digamos o Astra ou o Hotbird, ou qualquer outro satélite? Bem, esses casos podem sempre alegar que a TV Cabo não oferece muitos dos canais disponíveis nestes satélites: são dezenas, senão centenas de canais disponíveis em modo aberto via satélite, que seria tecnicamente impossível à TV Cabo oferecê-los todos nos seus pacotes de canais. Além disso, não interessava à TV Cabo colocar certos canais que transmitem livremente jogos de futebol passados na Sport TV (senão, como é evidente, ninguém aderia aos dois canais de desporto da Sport TV), ou que emitem outros conteúdos que no "bouquet" da TV Cabo são difundidos em acesso condicional.


Atenção: Não estou de modo algum a criticar o protocolo celebrado entre a Câmara de Elvas e a TV Cabo, mas sim a mostrar que perduram algumas dúvidas sobre a implementação prática do serviço de televisão por cabo em Elvas. Naturalmente, se alguém de direito puder esclarecer toda a situação e visite o blog, está a vontade para comentar este tópico, esperando que o seu contributo seja útil para os elvenses...


Facto positivo para os moradores do centro histórico: Com a alimentação do sinal televisivo via cabo, agora vai ser possível, finalmente, ver em condições a TVI nas zonas mais baixas da cidade, onde o retransmissor de Vila Boim chega com sinal muito fraco e onde o retransmissor da cidade não emite o 4º canal aberto nacional.

Saturday, October 07, 2006

Interferências na televisão: um problema nas Caldas da Rainha...

Em várias localidades do concelho de Caldas da Rainha , em especial na zona de Landal, a recepção dos canais de televisão é afectada por fortes interferências oriundas de parques eólicos. As pás das "ventoínhas" eólicas tornam a recepção dos quatro canais nacionais instável, especialmente a TVI, por vezes com fortes interferências. Isto foi uma notícia passada hoje na TVI, onde também foi dito que a Junta de Freguesia, salvo erro, do Landim fez um abaixo-assinado à ANACOM (Autoridade Nacional de Comunicações) para resolver a situação.

A ANACOM, para quem não saiba, é a entidade que gere a utilização do espectro radioeléctrico, tanto de rádio, como televisão, redes dos telemóveis, etc. É da competência desta entidade tratar dos problemas relcionados com as transmissões por ondas hertzianas, como autorizar a instalação de emissores/retransmissores de rádio e televisão, fiscalizar o cumpimento das normas técnicas impostas às emissões, além de outras situações.

colecção invejável de rádios!

"Manuel dos rádios" , como é conhecido, é um Sr. que tem uma brilhante colecção de aparelhos de rádio, gravadores, grafonolas, microfones e muitos outros aparelhos relacionados com a rádio. Este homem foi notícia hoje na TVI por ter mais de 1400 rádios de todas as épocas desde os anos 20 aos anos 60 que são religiosamente armazenados numa arrecadação da sua casa!


Não há muitos coleccionadores assim!

Só festas...

Enquanto a SIC comemora os 14 anos de emissões regulares com uma festa a ser transmitida em directo, nesta tarde de Sábado, a RTP 1 também festeja a Ca(u)sa dos Artistas... Coincidências ou estratégias de audiências?

SIC: 14 anos de emissões...

Ontem foi o 14º aniversário da SIC . Foi no dia 6 de Outubro de 1992 que Portugal viu nascer o primeiro projecto de televisão privada, para terminar com o monopólio da RTP que perdurava há cerca de 40 anos. Assim, a partir desse dia, os portugueses ficaram a poder ver 3 canais nacionais. Mais tarde, passados uns meses, surgiu o 4º canal nacional via terrestre: a Televisão Independente, ou TVI como é conhecida. E diga-se, desde aí, a oferta televisiva de acesso livre em Portugal nada evoluiu... A não ser para quem tenha TV Cabo (*), até agora não surgiram novos canais generalistas ou temáticos para complementar o serviço de televisão por via terrestre. Talvez com o advento da TDT - Televisão Digital Terrestre, a tv portuguesa receba um novo impulso com a incorporação de novos canais...


(*) Refiro-me à TV Cabo, por ser o único operador com transmissão por satélite, podendo chegar a qualquer casa portuguesa. Mas também queria acrescentar outros operadores de televisão por cabo: Cabovisão, TV Tel, etc. que cobrem uma reduzida área do território nacional.

Thursday, October 05, 2006

Sem televisão portuguesa por alguns minutos...

Esta tarde, por volta das 16 horas, os retransmissores de Vila Boim dos 4 canais portugueses ficaram temporariamente sem emissão. Estivemos alguns minutos sem televisão portuguesa; felizmente, ainda consigo apanhar a 2: e a TVI do Mendro, senão ou desligava a tv ou tinha de ver os canais da vizinha Extremadura espanhola.

Espero que tal interrupção seja por um bom motivo: proceder à manutenção do retransmissor, que no caso da TVI merece-a bem!

Sunday, October 01, 2006

Já voltou!

A TVI já regressou ao retransmissor de Vila Boim... Vejamos como se vai "aguentar" a emissão: se é para durar ou se, como é agora habitual, é para o liga - passados alguns dias desliga - liga novamente - passados mais dias desliga...


Por muito que se possa criticar a RTP e a SIC, o que ninguém pode discutir é que os retransmissores da Portugal Telecom muito raramente se avariam, ao contrário da RETI/TVI, que em V. Boim está a precisar de uma manutenção mesmo a sério...

Um pequeno momento de humor...

Qual é a diferença entre o retransmissor de Vila Boim da TVI e as pilhas Duracell?

Com pilhas Duracell, uma lanterna dura, dura e dura ligada.
O retransmissor, com energia eléctrica da rede, dura, dura e dura desligado...

%) :(